Polícia Civil/BA – Concurso – prova discursiva
Concurso Polícia Civil Bahia. Prova de Português. Prova discursiva.

Polícia Civil/BA – Concurso – prova discursiva

Polícia Civil/BA – Concurso – prova discursiva! Sempre que um edital é publicado a atenção é totalmente voltada para a banca. Qual a banca responsável? Qual o perfil da banca escolhida? Qual a sua forma de trabalhar e de avaliar o candidato? bem como… como é que a banca organizadora do certame trabalha o tema ou texto motivador?

Tais respostas são de grande importância para uma produção textual adequada ao que a banca deseja do candidato.

A VUNESP, banca escolhida para realizar o concurso da Polícia Civil do Estado da Bahia, é vinculada à Universidade Estadual Paulista, entre outras. É uma Fundação com personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. É uma banca que vem crescendo e ganhando seu espaço ao longo dos anos. Seus principais concursos foram: Banco Central do Brasil, Ministério Público do ES e SP, Polícia Civil do CE e SP, Polícia Militar de SP, Secretaria de Justiça ES, Tribunal de Contas/SP…

Mas, vamos falar agora sobre seu estilo de prova!

A prova de Português da VUNESP é conhecida por seus textos longos, e com questões de múltipla escolha.

Uma característica importante é que a banca não traz em seu histórico um tipo específico de texto, mas costuma trabalhar também: recortes de jornais, revistas, quadrinhos, charges… Saber dominar a tipologia textual, interpretar textos e aplicar as regras gramaticais da norma culta da língua é primordial!

Como podemos perceber, a banca atribui uma atenção especial à gramática e utilização da norma culta da língua portuguesa. Tem por característica, ser uma banca tradicional.

Os critérios de avaliação da banca organizadora são divididos da seguinte forma:

1.Conteúdo:Obediência à proposta e desenvolvimento da mesma;
2.Estrutura:adequação à estrutura do gênero textual pedido e coerência;
3.Expressão: coesão – sintaxe e pontuação; modalidade – adequação vocabular; regras da Língua Portuguesa – ortografia, morfologia, etc;

Falando especificamente do concurso da PC/BA, a prova discursiva para Delegado constará de 1 estudo de caso + 1 produção de peça processual. Já para Investigador e Escrivão, serão duas questões dissertativas, de caráter eliminatório e classificatório. E será avaliada na escala de 0,0 (zero) a 100,00 (cem) pontos, considerando-se habilitado o candidato que obtiver nota igual ou superior a 70,00 (setenta) pontos.

Para o cargo de delegado, a peça processual terá como nota máxima 50,00; e 25,00 pontos cada Estudo de caso.

Já para Investigador e Escrivão a pontuação da prova discursiva será atribuída da seguinte forma: 50,00 (cinquenta) pontos para cada ESTUDO DE CASO.

Link do edital: https://www.vunesp.com.br/SAEB1704

Este post tem 2 comentários

  1. Fiquei Muito Interessado pelo seu post.Vou acompanhar seu Blog que é muito bom. É TOP ! Esse tipo de conteúdo tem me agregado muito conhecimento.Grato !

    1. Muito obrigada! Espero contribuir para o seu aprendizado cada vez mais! Qualquer coisa, estou à disposição!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
×
×

Carrinho